É tanta mulher foda que não cabe num dia. Muito menos num parabéns. #MulheresQueSalvam

Hoje é o dia internacional da mulher.

E ᴏ que não falta é mulher incrível fazendo a diferença por aí, principalmente quando se trata de tornar o mundo um lugar melhor para todos.

Então pra mostrar pro mundo como a mulherada tá ARRASANI pensando no futuro (normal né, somos fodas😌), resolvi lançar uma TAG especial:  #MULHERESQUESALVAM.

Vamos fazer esta data significar mais do que “parabéns”. Vamos nos empoderar, inspirar e fortalecer.

Como?

Pequenos depoimentos de mulheres comuns -que trabalham, estudam e tem a rotina corrida- contando o que tem feito para reduzir seu lixo, seu plástico, melhorar sua saúde e a do planeta. Vale tudo, um passo de cada vez.

Quem pode participar?

Mulheres que deram seu primeiro passo rumo  a uma vida mais sustentável.

Como participar do #MulheresQueSalvam ? 

Tem duas opções:

1- Mande um texto contando o que você tem feito no dia a dia pra usar menos plástico / produzir menos lixo + uma foto sua com seu objeto sustentável favorito para: procurandodicas@gmail.com . Vou selecionar algumas para postar aqui no blog.

2- Poste  uma foto com seu objeto sustentável favorito  no instagram  marcando @movimentosalve e usando a hashtag #mulheresquesalvam . Vou repostar TODAS em nossos stories ❤

Até quando posso enviar ou postar?

As postagens vão rolar durante o mês de Março. Para participar da seleção do blog, seu texto + foto deve ser enviado até 25/03. Os posts no Instagram aparecerão em nossos stories até o último dia de Março.

Participe! Compartilhe! Vem Mulher, mostre todo seu PODER. Pq sim, SOMOS FODAS.

Enquanto espero as histórias lindas de vocês ❤️ darei início ao #mulheresquesalvam com a participação de uma grande amiga, que me inspira demais e com quem troco MUITAS figurinhas sobre sustentabilidade e novos hábitos.

Conheçam Paula Maria Moura. Oceanógrafa e Cientista Ambiental

Meio ambiente, novos hábitos e responsabilidade social.

Paulinha contou como está reduzindo o uso de plástico no dia a dia, falou sobre armário cápsula e consumo consciente.

“Acho que a questão ambiental vai além dos recursos naturais.

Tenho evitado copos plásticos e sacolas no dia a dia. Estou focada em reaproveitar os objetos de plástico que já tinha, e agora estou dando preferência a outros materiais. No carnaval, só consumi latinhas e levei meu copo.

Adotei o armário cápsula há 3 anos para ter um consumo de roupas mais consciente. Faço e refaço. Sou consumidora, mas já diminuí bastante. Me ajudou muito a perceber quando estou saindo da linha.

E tento comprar de marcas que tenham responsabilidade social e sejam fabricadas em lugares que tenham direitos trabalhistas mais dignos. Para mim, a luta social e nossa criticidade ao uso dos recursos naturais devem caminhar juntas.”

Para refletir: Precisamos mesmo de tantas coisas? De onde vem o que consumimos? 

Paulinha, gratidão por compartilhar sua experiência e fazer parte do  #MulheresQueSalvam

E aí, se identificou com alguma mudança da Paulinha?

Participe também! Mande seus movimentos! PQ SIM, SOMOS FODAS.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s